3 Coisas Que Você Faz Que Podem Estar Assustando Ele

09/03/2020
Publicidade

3 Coisas Que Você Faz Que Podem Estar Assustando Ele

Publicidade

3 Coisas Que Você Faz Que Podem Estar Assustando Ele

Existe algo que acontece quando conhecemos alguém de quem gostamos. Como o “prêmio” em si é maior, quaisquer inseguranças ou preocupações que normalmente não são grande problema, de repente viram um baita pepino, por conta de nossos medos. Então existem 3 coisas que fazemos no começo de um relacionamento, e se você já está num relacionamento, isso também pode acontecer, mas principalmente no começo, e eu quero chamar a atenção para elas. Porque em última análise isso pode acabar é afastando a pessoa de você.

ficar espionando a pessoa

Às vezes as coisas que fazemos nesse sentido não são notáveis, como uma espiadela de leve. Por exemplo, olhar no whatsapp ou no facebook quando ocorreu a última atividade se não obtivemos resposta a um texto. O problema com esse tipo de comportamento é que estamos colocando foco nas coisas erradas. Ao invés de colocar foco na comunicação em si, no comportamento da pessoa, você está procurando flagrar a pessoa num suposto erro, e mesmo que você ache que não está demonstrando isso, porque você sem perceber vai subcomunicar isso em sua energia. Já viu alguém conseguir ser totalmente agradável ou positivo com uma outra pessoa da qual desconfia? É por aí.

Publicidade

Ficar se comparando com outras pessoas

O segundo comportamento é ficar se comparando com outras pessoas. Eu conheço um monte de mulheres que imediatamente após começarem a namorar um cara, começam a se preocupar com as mulheres ao redor. Se são mais bonitas, se são mais engraçadas, se tem um corpo melhor. Elas procuram todas as formas possíveis de se comparar (especialmente as que elas perdem), e isso é triste, porque estão completamente desvalorizando o que elas mesmas têm. E a única forma de parar com isso é parar com isso. Até porque, sejamos francos, sempre vai ter alguém melhor do que você em algum aspecto e isso está fora do seu controle. E melhor ainda, não é isso que vai conquistar o coração de alguém. E é nesse ponto que você está em teoria já vencendo o mundo todo, mas se continuar assim, pode colocar tudo a perder.

ser controladora.

E o terceiro comportamento é ser controladora. Onde ele vai, com quem ele passa o seu tempo. É como se ele quisesse dar uma saída com os amigos e no fundo do seu coração, você se sente desconfortável com isso. Você não quer que ele esteja num ambiente onde possam flertar com ele, onde ele possa ficar atraído por alguém ou mesmo chegar à tal da infidelidade. O medo pode ser real, mas isso acaba refletindo negativamente em nós mesmos, o que pode fazer ele ficar com vontade de fazer essa coisa mais e mais. Se alguém têm a sua liberdade restrita num relacionamento, sem respeito aos seus limites, isso é um problema. Se a única forma que eu posso confiar em você é manter você presa em casa, então eu não estou resolvendo nada, apenas mascarando um problema. Está mais do que na hora de encarar o real “Problema”, e o problem não é “como posso fazer ele parar de querer ir a esses lugares” ou “como posso fazer ele parar de me provocar ciumes”, isso é superficial. O problema real é por que diabos você está se sentindo ameaçada por essas coisas? Se você consegue lidar com isso, o jogo vira. Entendido então, pessoal? 

Publicidade